Diferença entre SISU, ProUni e FIES

Se você já se perguntou qual a diferença entre os programas SISU, ProUni e FIES, você não está sozinha Está é a dúvida de muitos estudantes e para compreender detalhadamente as particularidades de cada um desses programas, leia o texto a seguir:

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é a forma padrão de ingresso no ensino superior e o seu funcionamento pode um tanto completo, afinal, acaba sendo relacionado com vários programas como o SISU e o ProUni, por exemplo.

E com tantos nomes para entender, é normal que os candidatos tenham dúvidas como “Em qual programa me inscrevo?”, “como vai ser a prova do ENEM 2021?” ou “O que é a nota de corte?”.

E para auxiliar na compreensão do funcionamento do Enem, aqui vão algumas informações importantes sobre os seus principais programas.

SISU

O SISU, ou, o Sistema de Seleção Unificada é uma plataforma digital na qual os estudantes devem se inscrever e aplicar a sua nota alcançada no Enem, Através deste sistema de avaliação de notas, as instituições públicas selecionam os candidatos com uma nota de corte.

A nota de corte varia de ano para ano, assim como de curso para curso, pois ela depende da pontuação dos estudantes que aplicam para as suas vagas.

O SISU abre inscrições duas vezes por ano, para preencher as vagas em graduações de todo o país. Os estudantes podem concorrer em algumas modalidades, como por exemplo: a de ampla concorrência e a de cota racial.

ProUni

Assim como o SISU, o Programa Universidade Para Todos (ProUni) também é um dos sistemas de distribuição de vagas do Enem. A diferença é que este programa é voltado para as vagas ofertadas por instituições do setor privado.

As bolsas do ProUni podem ser parciais, quando o estudante paga um valor mínimo por sua mensalidade, e integrais, quando o estudante não paga nada para estudar.

Mas vale mencionar que existem requisitos para participar do ProUni, como renda baixa e média e ter sido estudante da rede pública no ensino médio, ou da rede privada como bolsista integral.

FIES

Já o FIES é um programa de financiamento estudantil, conhecido por oferecer condições vantajosas para estudantes de baixa e média renda.

O FIES usa a pontuação do Enem para distribuir as bolsas disponíveis e para concorrer a elas é necessário possuir uma nota mínima de 450 pontos e tirar nota maior que zero na redação do exame.

As bolsas do FIES variam muito, dependendo da pontuação e da renda familiar de cada estudante, podendo ser parciais ou integrais.

Qual a diferença entre Fies e Educa Mais Brasil?

Os vestibulandos que participam do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) tem acesso a diversos programas e cada um deles têm o seu próprio funcionamento e objetivo. Você sabe, por exemplo, qual a diferença entre o Fies e o Educa Mais Brasil? Leia o texto a seguir e entenda:

Close up of a man filling a standardized test form

Quem pretende participar ou já participou de uma prova do Enem precisa saber como utilizar a sua nota e garantir o sue ingresso no ensino superior.

Se você não sabe se vai aplicar a sua nota no FIES 2021 ou no Educa Mais Brasil 2021, vale a pena conferir as diferenças que existem entre esses programas. Veja abaixo:

Fies

O Fies é o maior programa de financiamento estudantil do país e parte de uma inciativa do Governo Federal junto com instituições do ensino privado.

Através do Fies, os estudantes aplicam a sua nota do Enem para concorrer a bolsas parciais e integrais no curso de sua escolha. Neste caso, a participação no Enem é obrigatória.

Uma outra particularidade do programa são os seus requisitos. Em primeiro lugar, os estudantes precisam comprovar renda baixa e média, já que este é um programa que visa proporcionar oportunidade para aqueles que não podem cumprir com os custos do ensino superior.

Além disso, também é necessário tirar uma nota mínima de 450 pontos, sendo igualmente necessário tirar uma nota maior que zero na prova da redação.

O Fies é conhecido por possuir os juros mais vantajosos do mercado e os estudantes recebem um prazo considerável após a conclusão da graduação para começar a pagar o financiamento.

Educa Mais Brasil

O Educa Mais Brasil é um programa de distribuição de bolsas que parte de uma parceria entre inciativa privada e instituições particulares do ensino superior.

O programa funciona 100% online através de uma plataforma digital, na qual os estudantes devem se inscrever para conseguir uma bolsa.

As bolsas podem ser de até 70%, pois o programa não oferta bolsas integrais. Vale mencionar que essas bolsas são para todos os níveis de ensino e não só para o ensino superior.

Diferente da maioria dos programas, o Educa Mais Brasil não exige a nota do Enem para garantir a bolsa do estudantes. Basta participar do vestibular da instituição.

Para garantir o desconto nas mensalidades, o estudante precisa cumprir com o valor de uma parcela integral referente ao seu curso. Após essa confirmação, todas as parcelas já passam a receber o desconto que é válido até o fim da graduação.

Vale a pena voltar a estudar na terceira idade?

Pesquisas indicaram que, mesmo com o avanço na educação, ainda existe um percentual significativo de adultos que não concluíram o ensino médio. Em sua maioria, esse público tem interesse em retornar à sala de aula, mas se depara com uma dúvida bem comum: será que vale a pena voltar a estudar na terceira idade?

Mesmo com as políticas educacionais incentivando a popularização de programas destinados a quem não concluiu o ensino médio, o público da terceira idade se depara com algumas questões bem relevantes. São elas o aproveitamento em sala de aula e na maioria das vezes, o desconhecimento dos processos existentes nos programas.

Mas ainda que as dificuldades sejam muitas, vale a pena ressaltar que essas pessoas que não concluíram o ensino básico ainda possuem opções para realizar o processo.

Encceja

Vamos começar falando do Encceja, que é uma proposta muito relevante para quem quer alcançar o seu certificado de conclusão mas não pretende voltar para a sala de aula.

Trata-se de uma avaliação realizada anualmente para averiguar se o candidato possui o conhecimento mínimo para se formar no ensino fundamental ou no ensino médio.

A prova do Encceja em 2020 será gratuita e sua inscrição é feita online. Para participar, o candidato só precisa estar fora da faixa etária prevista de 15 anos para o ensino fundamental e 18 anos para o ensino médio.

Nesse caso, o público da terceira idade que quer concluir o ensino básico, só precisa participar das inscrições Encceja 2020 e obter um bom resultado no exame.

EJA

A segunda opção que apresentamos para você é a Educação para Jovens e Adultos (EJA), uma proposta destinada a quem quer retornar para a sala de aula. O programa promove a realização do processo do ensino médio de forma diferenciada, fora do horário habitual da escola e em menos tempo.

Os estudantes têm acesso aos conteúdos regulares da escola através de aulas noturnas, sendo necessária também a realização de provas e seminários.

Os conteúdos são distribuídos em semestres mais curtos para que os jovens e adultos concluam o ensino básico em um tempo reduzido se comparado ao ensino regular.

Muitos estudantes da terceira idade conseguiram conquistar o seu certificado de conclusão através do programa e o que define a relevância da possibilidade é o perfil do próprio estudante.

Requisitos para obter isenção da taxa de inscrição do Enem

O  Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma prova anual realizada para distribuir vagas no ensino superior. Todos os anos, milhares de estudantes se inscrevem para participar da seleção e para isso, precisam cumprir com a taxa anual de participação da prova. Entretanto, vale a pena mencionar que algumas pessoas são isentas dessa taxa e para saber se você está incluso nos requisitos, veja as informações a seguir:

O Exame Nacional do Ensino Médio é a forma padrão de ingresso no ensino superior, sendo possível para os candidatos se inscrever com a pontuação alcançada em programas como o Sistema de Seleção Unificada (SISU) e o Programa Universidade Para Todos (PROUNI).

Anualmente, os estudantes se inscrevem para participar do exame e concorrer as vagas disponíveis. Para tanto, é necessário estar atento ao lançamento do edital e participar das inscrições dentro do prazo estimado.

Mas vale a pena mencionar que a candidatura do estudante só é reconhecida quando mesmo cumpre com o pagamento da taxa de inscrição. Do contrário, a candidatura do mesmo não é reconhecida.

Isso é claro, para aqueles candidatos que não estão inclusos nos requisitos de isenção do Enem. Estes precisam realizar a solicitação de isenção dentro do prazo.

Geralmente, o pedido precisa ser enviado com bastante antecedência, para a equipe avaliadora classifique corretamente as categorias de isenção.

Mas será que você tem direito a não pagar a taxa de inscrição do Enem? Para saber, verifique a seguir quais os requisitos que estão inclusos na isenção:

Programas sociais

Quem é beneficiário de programas sociais como o Bolsa Família 2020pode requirir a isenção do Enem, uma vez que o cadastro no programa é realizado pelo número do NIS. O Bolsa Família é um programa de transferência de renda, destinado a pessoas que se encontram em situação de pobreza ou pobreza extrema, por isso, os beneficiários envolvidos não precisam pagar nenhum valor para participar do concurso.

Rede pública de ensino

Um outro público que pode estar pedindo a isenção do taxa do Enem são os estudantes da rede pública de ensino. Mas vale mencionar que somente os estudantes que concluíram os três anos do ensino médio que podem participar, sendo necessário comprovar o vínculo.

Rede Particular de ensino

Os alunos da rede particular podem se inscrever da prova do Enem gratuitamente, desde que estejam na condição de bolsista integral, sendo necessário ter concluído os três anos do ensino médio desta forma.

Vale a pena colocar seu filho pequeno em uma escola particular?

Ingressar o seu filho no processo escolar ainda é uma etapa que gera muitas dúvidas. Afinal, qual a idade ideal para o seu pequeno começar a frequentar a escola? Será que colocá-lo em uma instituição privada é um desperdício de dinheiro? Para esclarecer suas dúvidas, trouxemos algumas informações bem interessantes sobre o assunto. Veja tudo a seguir:

A educação é um processo cuidadoso que deve ser estabelecido em três âmbitos: o escolar, o familiar e o social. Assim, a criança pode ter um desenvolvimento completo e sem grandes dificuldades de construção pessoal.

O primeiro contato que a criança tem com processo educativos é no âmbito familiar e por isso, os país devem estar muito atentos a formação pessoal do filho.

Logo em seguida, vem o âmbito social, que dirá respeito ao convívio com os outros e como essa criança estará vivenciando as suas experiências em conjunto.

Por último, virá o âmbito escolar, um momento totalmente novo para a criança. Nessa etapa, as descobertas e aperfeiçoamento de habilidades são essências.

Qual a idade indicada para ingressar na escola?

O primeiro ponto para o qual o pai deve estar atento é a faixa etária da criança. Muitos pais preferem colocar os filhos na escola muito cedo, seja por necessidade ou por escolha própria.

E isso nem sempre é um problema, mas vale a pena enfatizar que a idade mais recomendada é entre 3 a 4 anos, pois a criança  já está em outra etapa do seu desenvolvimento cognitivo.

Nessa fase da infância, os pequenos estão conhecendo o mundo da leitura, da interpretação de texto e do próprio convívio diário com os coleguinhas.

Mas será que vale mesmo a pena colocar o seu pequeno em uma instituição privada de ensino?

No país, ainda existe um diferencial muito grande entre escolas públicas e privadas. Considerando essa informação, podemos afirmar que na escola particular, o seu filho estará contando com uma equipe apta para dar atenção as suas necessidades.

Além disso, as salas de aula são menos lotadas, proporcionando uma aproveitamento geral maior para os pequenos que frequentam as aulas diariamente.

As escolas voltadas para o ensino infantil estarão ainda promovendo diversos projetos para os pais e para as próprias crianças começarem a descobrir as suas afinidades.

Por isso, quem pensa que a escola nessa etapa é um desperdício, vale a pena ressaltar que pode ser um grande investimento no desenvolvimento pessoal e cognitivo do seu pequeno!

Em SP, matrículas para rede estadual podem ser feitas no Poupatempo

Hoje em dia, praticidade e otimização de tempo são tudo para quem tem uma vida agitada. Por isso, já existem muitos recursos que podem facilitar diversos processos inevitáveis, como a matrícula do seu filho.

O estado de São Paulo está disponibilizando uma outra opção para quem deseja registrar os filhos na escola estadual: o Poupatempo. Se você ainda não sabe como funciona, então leia as informações a seguir e fique por dentro:

A tecnologia tem sido muito importante para facilitar a nossa vida e tornar processos burocráticos mais simples, como é o caso da matrícula 2020 SP online.Essa possibilidade permite que o processo da matrícula seja realizado de forma online e muitas instituições já estão aderindo a ideia.

Em SP, a proposta fica para a rede estadual, que pretende registrar um número ainda maior de estudantes através das unidades do Poupatempo.

Essas unidades estarão realizando o processo de matrícula para instituições da rede estadual durante determinado período do ano, alguns meses antes do começo do ano letivo.

E quais os benefícios de usar o Poupatempo?

O principal objetivo da possibilidade de matrícula pelo Poupatempo é simplificar o registro dos estudantes nas instituições, o que pode representar mais crianças nas escolas.

Além disso, a matrícula online permite que os pais e responsáveis possam garantir a vaga dos seus filhos na instituição de ensino desejada sem precisar sair de casa.

A medida também facilitou para os profissionais da área, diminuindo o fluxo de pais dentro das escolas no período de matrícula, o que fez com que os processos escolares se tornassem mais funcionais.

Como as inscrições acontecem?

O Poupatempo estará com cerca de 72 unidades atuando com o objetivo de efetuar os registros dos estudantes. O processo pode ser efetuada pessoalmente, nos locais mencionados. Mas vale mencionar que é preciso realizar o agendamento online através do site poupatempo.sp.gov.br.

Uma outra opção é utilizar o aplicativo SP Serviços, que também estará oferecendo o agendamento ou através dos totens de autoatendimento, que você encontra em shoppings ou estações de metrô. Ao fazer o agendamento, você visualizará as datas, horários e locais disponíveis.

Depois é só comparecer na unidade escolhida dentro do horário marcado com os documentos oficias do estudante, sendo estes: Carteira de Identidade ou Certidão de Nascimento e comprovante de residência. Esse registro dará acesso as vagas e instituições disponíveis para que você possa efetuar a matrícula e só precisar levar os documentos na escola escolhida.

Brincadeiras educativas para fazer em casa com seus filhos

Qualquer especialista da educação pontua claramente a importância dos país passarem um momento juntos com os pequenos. Mas já imaginou juntar esse momento de lazer com um incentivo ao aprendizado? Isso é possível usando algumas dicas bem criativas que unem o momento de diversão a uma  carga de aprendizado muito positivo para as crianças. Quer saber como? Leia o texto a seguir e entenda:

QUIZ

Quando o pai participa da vida escolar da criança, é muito mais fácil entender as etapas pelos quais a mesma irá passar e saber identificar de que forma é possível interferir positivamente na aquisição desse conhecimento.

Por isso, os país que estão por dentro dos conteúdos que os filhos estão vendo na escola podem apostar em um grande quiz com os assuntos que estão sendo visualizados no planejamento escolar!

Essa é uma atividade bem interessante pois estimula a fixação de assunto e pode conter dinâmicas diferentes dependendo da quantidade de pessoas participando.

Jogo da Memória

O jogo da memória é bem vantajosa para diversas idades, mas pode ter um potencial diferente para as crianças menores de 5 anos de idade.

Isso porque, nessa fase as crianças ainda não bastante visuais e precisam começar a associar as figuras às palavras que estão conhecendo.

Além disso, vale mencionar que a aquisição de vocabulário nessa período da infância deve ser um processo incentivado a todo momento pelos país.

Passeios Educativos

Apesar dos passeios educativos parecerem funcionar melhor para quem mora em uma região privilegiada, vale lembrar que todos os passeios podem conter uma carga educacional dependendo do direcionamento dos país.

Um piquenique na praia, um passeio de bicicleta ou uma ida ao museu podem se tornar passeios educativos se você instruir a criança a observar e captar detalhes dos lugares.

Depois, é interessante propor diálogos sobre os momentos passados juntos, fazendo perguntando e incentivando as práticas de interpretação de texto e oratória.

Customização e Decoração

Essa é uma forma bem dinâmica e divertida de dar autonomia ao seu filho e ensinar sobre o consumo consciente. A melhor parte é que esta é uma proposta bem barata.

Você poderá reaproveitar os objetos, brinquedos ou móveis velhos para desfrutar de um momento de criatividade e produção em família.

Além disso, essa dinâmica de brincadeira também pode funcionar para a criação de jogos como o arremesso de argolas feito com macarrão de piscina, o dominó artesanal feito com pedras ou o acerto de latas feito de material reciclado.

Olá

A educação é um processo contínuo que deve acontecer em três âmbitos diferentes: em casa, na escola e na sociedade. Por ser um período de construção, sabemos que o processo ensino-aprendizado tem características próprias que precisam ser avaliadas cuidadosamente.

E para aproximar os pais desse mundo, nós do site Ratimbum O Castelo vamos trazer propostas interessantes para você praticar com o seu pequeno. Afinal, a educação familiar e a pedagogia precisam caminhar juntas! A equipe da plataforma compreende o papel dos país na construção pessoal e educacional das crianças, trazendo assim, dicas que podem ser aplicadas ao dia a dia de cada família.

E para conseguir alcançar o objetivo de ajudar no processo da educação e informar aos pais e responsáveis sobre o que há de mais relevante em relação a esses conteúdos, dispomos de uma equipe apta a discursar de forma pedagógica.

Queremos que você encontre tudo que precisa saber sobre o processo de aprendizado em um só lugar,  por essa razão, será possível visualizar informações sobre a escola, processos cognitivos, incetivo para diferentes idades e as novidades da educação.

O mundo está em constante adaptação, principalmente devido aos processos tecnológicos que reformularam as etapas de desenvolvimento dos pequenos e para ficar por dentro, basta acessar a nossa plataforma!