Diferença entre SISU, ProUni e FIES

Se você já se perguntou qual a diferença entre os programas SISU, ProUni e FIES, você não está sozinha Está é a dúvida de muitos estudantes e para compreender detalhadamente as particularidades de cada um desses programas, leia o texto a seguir:

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é a forma padrão de ingresso no ensino superior e o seu funcionamento pode um tanto completo, afinal, acaba sendo relacionado com vários programas como o SISU e o ProUni, por exemplo.

E com tantos nomes para entender, é normal que os candidatos tenham dúvidas como “Em qual programa me inscrevo?”, “como vai ser a prova do ENEM 2021?” ou “O que é a nota de corte?”.

E para auxiliar na compreensão do funcionamento do Enem, aqui vão algumas informações importantes sobre os seus principais programas.

SISU

O SISU, ou, o Sistema de Seleção Unificada é uma plataforma digital na qual os estudantes devem se inscrever e aplicar a sua nota alcançada no Enem, Através deste sistema de avaliação de notas, as instituições públicas selecionam os candidatos com uma nota de corte.

A nota de corte varia de ano para ano, assim como de curso para curso, pois ela depende da pontuação dos estudantes que aplicam para as suas vagas.

O SISU abre inscrições duas vezes por ano, para preencher as vagas em graduações de todo o país. Os estudantes podem concorrer em algumas modalidades, como por exemplo: a de ampla concorrência e a de cota racial.

ProUni

Assim como o SISU, o Programa Universidade Para Todos (ProUni) também é um dos sistemas de distribuição de vagas do Enem. A diferença é que este programa é voltado para as vagas ofertadas por instituições do setor privado.

As bolsas do ProUni podem ser parciais, quando o estudante paga um valor mínimo por sua mensalidade, e integrais, quando o estudante não paga nada para estudar.

Mas vale mencionar que existem requisitos para participar do ProUni, como renda baixa e média e ter sido estudante da rede pública no ensino médio, ou da rede privada como bolsista integral.

FIES

Já o FIES é um programa de financiamento estudantil, conhecido por oferecer condições vantajosas para estudantes de baixa e média renda.

O FIES usa a pontuação do Enem para distribuir as bolsas disponíveis e para concorrer a elas é necessário possuir uma nota mínima de 450 pontos e tirar nota maior que zero na redação do exame.

As bolsas do FIES variam muito, dependendo da pontuação e da renda familiar de cada estudante, podendo ser parciais ou integrais.